quinta-feira, 7 de julho de 2011

Hoje estou especialmente feliz. Irei sentir o que há muito anseio: o abraço da minha mãe.
É incrivel como um sentimento como a saudade nos torna tão vulnerável em alguns casos, e este é um deles. Já conto as horas e segundos para ver a minha mãe sair do carro, dar-me o seu doce e belo sorriso, e, ao mesmo tempo que isto acontece, prepara os seus braços para me receber com todo o seu carinho.Apertando-me. Num feliz e leve balanço perdemo-nos as duas no choro, como se nunca antes nos tivessemos visto. Foram 7 meses sem te ver, mas amanhã estes 7 meses irão ser compensados, afinal de contas ainda sou a tua bebé. Amo-te mãe.

2 comentários:

  1. serás sempre a sua bébé. oh:)tão querida

    ResponderEliminar
  2. está lindo! espero ver a minha mãe dentro de semanas :)

    ResponderEliminar