terça-feira, 17 de janeiro de 2012

É quando as palavras encontram o caminho no silêncio que sei que é hora de parar. Parar pra essa senhora criança me mostrar os seus presentes e me contar das as suas verdades.
Não é raro não falarmos a mesma língua, mas não sei porque ainda insisto em acreditar que ela nasceu em mim pra ser bonita. Vida. Bonita.

1 comentário:

  1. Gosto bastante do blog aguardo ansiosamente novos posts!!!

    ResponderEliminar